Imigração - Factor da Multiculturalidade em Portugal

Com o aumento de novos vocabulários no dicionário da língua portuguesa, a ortografia enche-se de novos conceitos. E nos discursos, imigração tornou-se palavra de conveniência para os políticos, deixando de significar o sentido da sua razão, passando a ser, problema e muitas vezes a mais valia quando boa figura é necessário fazer. Não, talvez este país que por muitas razões passou a ser também nosso, precisa de se consciencializar que factor imigração despertou-se com a criação do mundo, e que os Portugueses se assim os posso chamar foram e são maiores imigrantes, não fossem eles conhecidos como grandes descobridores e colonos.

Nisso tudo, como fica a multiculturalidade? É simples, multiculturalidade surgi com excesso de movimentos migratórios e expansão urbana. E com isso a sociedade sofre. Sim, sofre quando os não civilizados estranham a diversidade cultural, esquecendo-se que a prática cultural no sitio do outro é um progresso social indispensável como Portugal mais do que ninguém o pode dizer. Assim é necessário que acabemos com altivez de uns e de outros e tomemos a multiculturalidade como descoberta e consideremos a imigração como acto de circunstância para o bem do desenvolvimento de Portugal!

Texto Reflector de:
Osvaldo Kiluange de Sousa e Ansumane Mané Braima

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails