Agricultura familiar em Avô, Oliveira do Hospital



Outras fotos de Avô:


 




Rota 



dos Pastores



26 de Março de 2011


Chãos 09:30 horas –

Já se imaginou a ser pastor por um dia?


Um passeio que retrata a vida diária dos pastores da Serra d’Aire e Candeeiros.
Situada na aldeia de Chãos, no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, a Cooperativa “Terra Chã” baseia-se em princípios da economia social, colocando as pessoas no centro do desenvolvimento económico e social. O ambiente, o património construído e as características geomorfológicas da serra, criam uma oferta diversa que contextualiza a serra como local de investigação, de educação ambiental e de lazer.

Mais informações: http://terracha.no.sapo.pt/

Fora de Casa - Visita a Covas do Monte, dia 3 de Abril

Visitar Covas do Monte é uma surpresa, é como revisitar o Portugal rural de outrora que teima em coabitar com a cidade.
Covas do Monte poderá não ter futuro, mas é importante termos conhecimento desta realidade que poderia ser assumida como fazendo parte do futuro.
No entanto, há ainda quem não desista e população, técnicos, autarcas, teimam em manter a tradição.
A nossa visita a aldeias como Covas do Monte é uma expressão de cidadania. É um voto de esperança e de apoio a todos os que continuam a tentar que estas realidades possam constituir peças de um puzzle de um desenvolvimento mais diverso.
A aldeia das 2500 cabras

Covas do Monte é uma pequena aldeia escondida num dos vales da Serra de São Macário, em São Pedro do Sul. É aqui que se encontra um dos maiores, senão mesmo o maior rebanho do país.
Todos os dias, 2500 cabras saem de manhã para a montanha, num ritual ancestral de pastoreio comunitário que envolve toda a pequena povoação de apenas 56 habitantes. Ao fim da tarde, no regresso à aldeia, os animais parecem saber de cor o curral e a porta certa. Covas do Monte é uma aldeia de rosto antigo, onde se encontra ainda um Portugal raro e já muito distante.

Com esta viagem a Covas do Monte vai também conhecer a Serra de S. Macário, indo ao ponto mais alto da Serra: o Alto de S. Macário a 1054 m de altitude.
Cá em baixo, em S. Pedro do Sul, vamos visitar uma antiga estação de caminhos de ferro, agora transformada em centro de artesanato e se não nos falhar o tempo, vamos também à loja da Cooperativa CoopRaízes nas termas de S. Pedro do Sul.

Todas estas visitas serão guiadas por pessoas que têm acompanhado e animado estes processos de desenvolvimento local.

Saída de Coimbra em autocarro pelas 8h30.
Preço por pessoa: 30€ (incluí o almoço em Covas do Monte)

Org: Casa da Esquina/Agricabaz

Apresentação do Livro... A GRANDE TRANSIÇÃO. Pluralidade e Diversidade no Mundo Rural de António Covas e Maria das Mercês Covas (Universidade do Algarve)

5 de Março de 2011, 16 h
Fundação Manuel Viegas Guerreiro
Querença, Loulé – Algarve, Portugal


A Grande Transição é sobre o significado real das utopias. Por um lado, sobre a utopia geral, abstracta e obrigatória dos mercados globais, por outro, sobre a utopia concreta dos mercados de proximidade entre produtores e consumidores. A Grande Transição é sobre uma nova antropologia cultural do mundo rural, sobre a formação de comunidades de interesses em busca de laços comunitários para o sentido da vida, em contacto directo com o chão físico e biológico. A Grande Transição é sobre o decoupling entre a produção e os recursos, sobre a biopolítica da produção por via da economia da biodiversidade e dos ecossistemas, sobre a desmaterialização dos processos produtivos e sobre o decrescimento sereno. A Grande Transição é sobre a grande fusão entre os direitos naturais e os direitos sociais e humanos, o primado do acesso sobre a propriedade e da economia de serviços sobre a economia da produção. A Grande Transição, finalmente, diz respeito à utilidade social do respeito. Do respeito pela pessoa da natureza e pela natureza da pessoa humana. Do respeito pela diversidade dos futuros, hoje, e pela diversidade dos presentes, amanhã. (do Convite da Colibri)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails